Índice do Artigo

barato

ANÁLISE | Notebook Compaq Presario 5112 se destaca pelo preço baixo, mas faz muitas concessões

Modelo Compaq Presario 5112 vem equipado com processador ARM Qualcomm Snapdragon 7C Gen 2 e pode ser opção para quem procura o básico

Compaq Presario 5112
Créditos: Wikerson Landim/Mundo Conectado

Um dispositivo mobile no corpo de um notebook. Assim pode ser definido o Compaq Presario 5112, notebook com configurações básicas lançado no mercado brasileiro no primeiro semestre de 2023.

Seus principais destaques, além do preço que gira em torno de R$ 1,5 mil, são a bateria de longa duração, de até 15 horas, e a possibilidade de expandir a capacidade de armazenamento via cartão micro SD, o que certamente reduz custos.

Em contrapartida, as concessões para entregar ao mercado um produto de baixo custo incluem uma tela de baixa resolução (apenas 1366 x 768 pixels) e um desempenho que é insuficiente em alguns momentos – especialmente em tarefas que exijam um pouco mais de processamento gráfico.

Tivemos a oportunidade de analisar ao longo de várias semanas o Compaq Presario 5112 e esta é a nossa análise completa sobre o produto.

Notebook Compaq Presario 5112: ficha técnica

  • Sistema operacional: Windows 11
  • Tela: 15,6 polegadas
  • Resolução de tela: 1366×768 pixels
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 7c Gen 2
  • Velocidade do processador: 2.55 GHz
  • GPU: Adreno 618 (integrada)
  • Armazenamento: 128 GB UFS (expansível com cartão micro SD)
  • Memória RAM: 4 GB DDR4 de 2133 MHz
  • Bateria: 5300 mAh – 2,6 watts/hora (aprox. 15 horas)
  • Peso: 1.630 kg
  • Conexões: 1x HDMI, 1x USB-C, 1x USB 3.0 e 1x USB 2.0. Entrada para fones de ouvido (P2/3.5mm) e bandeja para cartão micro SD.
  • Extras: teclado resistente a derramamento de líquidos; sistema Always On de inicialização rápida; Microsoft 365 grátis por 12 meses.
  • Garantia: 2 anos (via Amazon) ou 1 ano (demais lojas).
  • Preço oficial: R$ 1.699 – é possível encontrá-lo em promoções por até R$ 1.399.

Compaq: qual a origem da marca?

A Compaq Computer Corporation é uma empresa que foi criada na década de 80 nos Estados Unidos como uma marca da HP. Essa parceria perdurou até 2013, quando a HP licenciou o uso da marca para a GlobalK, uma empresa brasileira.

A GlobalK, por sua vez, tem parceria com a Positivo para fabricação e montagem dos produtos no Brasil, além de usar os canais de distribuição para comercialização. Parcerias como essas têm sido cada vez mais comuns por aqui, envolvendo produtos como celulares, notebooks, TVs e fones.

Compaq Presario 5112
Visual do Compaq Presario 5112. Imagem: Wikerson Landim/Mundo Conectado.

Notebook Compaq Presario 5112: leveza e bom acabamento

Embora seja um produto com acabamento simples, em plástico, não dá para dizer que isso de alguma forma compromete o seu visual. Com tela grande de 15,6 polegadas, o notebook Compaq Presario 5112 apresenta um design moderno, com linhas bem-definidas.

Na parte traseira, destaque para a logo da Compaq na cor prata em baixo relevo. Na lateral esquerda temos a entrada para o conector de energia e três conexões: USB 3.0, HDMI e USB 2.0. Já na lateral direita temos uma entrada USB 2.0, uma entrada para fones de ouvido e a bandeja para cartão de memória.

Compaq Presario 5112
Conexões do Compaq Presario 5112. Imagem: Divulgação/Compaq.

Uma curiosidade: a bandeja é do tipo híbrida, igual a de smartphones. Em teoria, seria possível usar um SIM Card, mas não é o caso aqui, já que não há suporte a rede móvel. Em nossos testes, com um cartão de 128 GB, não houve qualquer problema com relação a reconhecimento do dispositivo ou transferência de dados.

Com o notebook aberto, na parte superior, logo acima do teclado, podemos ver os dois alto-falantes. O teclado é no padrão ABNT2 e inclui teclado numérico. As teclas são confortáveis e bem espaçadas, mas não há retroiluminação, o que pode ser um incômodo à noite.

Há ainda proteção conta derramamento de líquidos no teclado. Por fim, o touchpad tem um tamanho generoso, mais largo até mesmo do que barra de espaço. Ele tem boa sensibilidade e, no uso do dia a dia, dispensa o uso de mouse externo.

Compaq Presario 5112
Gaveta para cartão micro SD do Compaq Presario 5112. Imagem: Wikerson Landim/Mundo Conectado.

Outro detalhe interessante é a presença de uma pequena tampa, que cobre a webcam. Assim, você pode garantir mais privacidade mesmo que por alguma razão ela esteja ativa no sistema.

Display: a tela é o ponto mais fraco do conjunto

É compreensível que um produto de entrada ofereça configurações mais modestas. Entretanto, quando essa economia chega a incomodar, é sinal de que a escolha de peças não foi das melhores. É o caso do display de 15,6 polegadas do Compaq Presario 5112.

Ainda que a tela grande seja algo positivo nessa faixa de preço, o painel TN com resolução de 1366 x 768 pixels e taxa de atualização de 60 Hz limita a usabilidade. Assim, é possível perceber distorções de cor na tela e ao olhar o display de forma inclinada já se percebe o nível de brilho reduzido.

Isso pode ser um problema se duas pessoas se sentarem diante da tela para assistir a um filme ou série. Ou ambas verão cores distorcidas ou somente quem estiver mais centralizado em ralação à tela terá bons resultados.

Eu recomendo também que você opte por fones de ouvido em vez de recorrer ao sistema de áudio embarcado. Ele não é dos mais potentes e, dependendo do ambiente, pode ser difícil ouvir com clareza o que é dito.

Compaq Presario 5112
Visual do Compaq Presario 5112. Imagem: Wikerson Landim/Mundo Conectado.

Desempenho: um tablet em corpo de notebook

Em termos de desempenho, não há como não comparar o Compaq Presario 5112 a tablets Android. A diferença aqui é que temos uma experiência Windows 11, ainda que com algumas limitações, ora por conta da arquitetura ARM, ora por conta do SoC Qualcomm Snapdragon 7c Gen 2.

Considero o modelo da Compaq um aparelho básico. Ele atende, por exemplo, as necessidades de um estudante que precisa usar o navegador para redes sociais e assistir a vídeos. Serve ainda para leitura de textos em PDF ou mesmo para digitar textos de forma confortável usando o Google Docs ou o Microsoft Word.

Porém, quando as tarefas saem um pouco desse nível de exigência, a coisa muda de figura. O SoC somado a 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno não consegue abrir muitos apps ao mesmo tempo.

Por esse mesmo motivo, jogos que requeiram um nível maior de exigência em termos de processamento gráfico também não vão rodar. A opção de jogo para quem compra um Compaq Presario 5112 é streaming na nuvem, como o Xbox Cloud.

Ainda, se possível, prefira o Edge ao Chrome como navegador: nesse caso, a experiência será melhor com o browser nativo da Microsoft.

Vale destacar ainda que, a versão que testamos, vem com acesso gratuito ao Microsoft 365 por 12 meses. Esse é um diferencial interessante, pois já proporciona uma boa economia para o consumidor.

Duração de bateria: o ponto alto do Compaq Presario 5112

Com uma capacidade nominal de 5300 mAh, a bateria do Compaq Presario 5112 é, sem sombra de dúvidas, o maior destaque positivo do aparelho. A empresa fala em até 15 horas de uso contínuo com uma carga, fato que foi comprovado com tranquilidade em nossos testes.

Compaq Presario 5112
Carregador do Compaq Presario 5112. Imagem: Wikerson Landim/Mundo Conectado.

Muitos fatores contribuem para esse baixo consumo, desde a escolha do processador até a tela de menor resolução. Entretanto, mesmo alternando entre tarefas via navegador e execução de vídeos, é possível observar um desempenho bastante consistente.

A fonte de recarga é pequena, similar à de um tablet, o que também é um ponto positivo para transporte. Contudo, uma carga completa no aparelho requer no mínimo duas horas dele plugado na tomada. Um sistema de carregamento rápido aqui faria muita diferença.

Comprar um tablet ou um notebook? Depende!

Pela faixa de preço do Compaq Presario 5112 e pelas características que apresenta, vejo o notebook como um concorrente direto de tablets usados por estudantes.

A vantagem aqui, é claro, fica por conta do teclado confortável, que torna mais simples a produção de textos ou apresentações. O foco segue sendo a mobilidade, uma vez que o conjunto é leve – apenas 1.6 kg – e bastante versátil.

Em outras palavras, tudo vai depender do uso que você fará: se estivermos falando apenas de consumo de conteúdo, um tablet oferece mais vantagens. Agora, se incluirmos na lista a produção de conteúdo, especialmente textos e apresentações, sem dúvida esse modelo básico se torna mais atrativo.

Apesar dos seus pontos negativos, vale lembrar que nessa faixa de preço seus concorrentes diretos não estão tão distantes assim. É caso do Samsung Galaxy Book Go – mesmo processador, um pouco mais caro, mas com melhor tela.

Compaq Presario 5112
Visual do Compaq Presario 5112. Imagem: Wikerson Landim/Mundo Conectado.

Os Chromebooks também são alternativas, mas nesse caso o Windows 11 pode ser um fator que pesa na escolha. Seja pela familiaridade com o sistema ou pela incompatibilidade do ChromeOS com alguma aplicação em específico.

Compaq Presario 5112 é bom?

Para quem precisa de um notebook novo e o orçamento não é maior do que R$ 1,5 mil, são poucas as boas opções disponíveis no mercado. O Compaq Presario 5112 tem diversos aspectos nos quais fazemos ressalvas, especialmente relacionados à tela e ao desempenho.

Contudo, dentro da sua proposta, o conjunto oferece mobilidade e versatilidade, o que talvez o usuário não encontre em um tablet Android. A duração de bateria é um aspecto positivo e, querendo ou não, a disponibilidade do Windows 11 como SO ainda faz a diferença em muitas situações.

Se você pensa em rodar jogos ou múltiplas aplicações de forma simultânea, então é melhor considerar outros modelos, provavelmente mais caros.

A resolução de tela, somada ao painel TN, de fato me incomodou. Ela compromete a experiência de vídeo e, nesse aspecto, modelos similares ou mesmo tablets são capazes de entregar uma tela de melhor qualidade, ainda que em tamanho menor.

Vale a pena?

Considerando o preço de lançamento no Brasil – que foi de R$ 1.999 – eu diria que a compra não vale a pena. Contudo, podemos encontrá-lo hoje por cerca de R$ 1,5 mil nas lojas e em promoções já vi esse aparelho até por menos de R$ 1,3 mil.

Nesse cenário, sim, eu consideraria a compra, mas sempre tendo em mente as limitações por conta da tela e do desempenho. Ainda assim, o modelo atende a necessidades específicas de uma parcela significativa da população, o que não é pouca coisa.

Dica: em razão de um acordo comercial, o Compaq Presario 5112 vendido pela Amazon oferece dois anos de garantia, enquanto o modelo comprado em outras lojas apenas um. Esse é um item a mais para você considerar na hora de fazer suas pesquisas.

Prós

Modelo mais barato e com maior tamanho de tela

Duração de bateria

Silencioso

Teclado confortável e resistente a derramamento de líquidos

Garantia de 2 anos em compra via Amazon

Expansão de armazenamento via cartão micro SD

Microsoft 365 grátis por 12 meses

Contras

Resolução da tela e tipo de painel

Desempenho deixa a desejar em jogos

Incompatibilidade com alguns apps x86 e x64

Recarga de bateria demorada

…..

O notebook Compaq Presario 5112 foi cedido pela Compaq ao Mundo Conectado para a realização desta análise.