Índice do Artigo

Android

Governo começa a testar Documento Nacional de Identificação para Android e iOS

Serviço inicialmente vai unir CPF e título de eleitor

O governo federal começou a testar o Documento Nacional de Identificação (DNI) com cerca de 2 mil servidores do Ministério do Planejamento e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O DNI será utilizado, ao menos num primeiro momento, para reunir o CPF e o título de eleitor de um determinado cidadão. O objetivo é disponibilizar o serviço para população em geral em julho.

Os dados ficarão associados ao registro biométrico de cada pessoa, que está sendo feito pelo TSE e deverá ser concluído em 2022 em todo o país. Por isso, só quem já possui este registro poderá usar o DNI.


O documento unificado funciona de maneira digital. Por isso, quando for preciso, o cidadão pode apresentá-lo através de seu próprio smartphone. Isso significa que estará dispensada a necessidade de apresentar documentos de papel como CPF, certidão de nascimento, casamento ou título de eleitor.

Um aplicativo para iOS e Android será disponibilizado de maneria gratuita para download. Apesar disso, segundo o TSE, o documento “poderá ser baixado pelo cidadão uma única vez e em um só dispositivo móvel, por questão de segurança”.

No futuro, o DNI pode ser usado para representar outros documentos. A única demanda é que eles sejam de órgãos públicos que permitam integrar as bases de dados. Já está sendo realizado um estudo que permitirá vincular o DNI com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Via: G1